Polícia prende parricida condenado a 36 anos de prisão

J. M. de. J. F., vulgo “Maciel”, autor de um parricídio com requinte de crueldade está à disposição da Justiça para cumprir uma decisão condenação de 36 anos de prisão em regime fechado. Sua localização e prisão aconteceram nesta sexta-feira (28), no município de São Vicente, estado de São Paulo, em um trabalho conjunto da Polícia Civil da Bahia – Serviço de Inteligência (SI) da 1ª Delegacia Territorial (DT) de Euclides da Cunha e a Polícia Militar de São Paulo – 39 BPM/I – São Vicente/SP.

O condenado era considerado foragido da Justiça desde o dia 11 de novembro de 2007, após matar o pai e a madrasta, fato ocorrido na fazenda Olho D’água, zona rural do município de Tucano, estado da Bahia.

Segundo a Polícia, o parricida matou à machadadas os seus ascendentes, após uma discussão. Os golpes foram desferidos na altura da cabeça. Após o atentado, o criminoso fechou a porta da residência e jogou a chave fora para dificultar a descoberta dos cadáveres, além de facilitar sua fuga.

O parricida foi condenado pelo crime de duplo homicídio qualificado, conforme o Art. 121, parágrafo 2°, incisos II e IV, do Código Penal – CP. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça da Bahia, Comarca de Tucano-BA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *