Com registro de mais de 100 ativos de Covid-19, novo Decreto municipal impõe novo limite ao funcionamento de parte do comércio

Na tentativa de frear a explosão de novos casos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o prefeito de Euclides da Cunha Luciano Pinheiro (PDT) assinou um novo decreto com novas medidas restringindo o funcionamento de alguns estabelecimentos comerciais no município.
O decreto afeta o quantitativo de pessoas em eventos, bem como “cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais em locais públicos ou privados, circos, parques de exposição, solenidade de formatura, feiras, passeatas culturais e afins”. O limite estabelecido é de 1.500 pessoas, sendo condicionado ao tamanho do espaço, que só pode ser ocupado pela metade.

O texto altera o limite de funcionamento de bares, restaurantes, churrascarias e pizzarias que poderão funcionar somente até a 00h00, desde que sigam as regras constantes em outros decretos e regras sanitárias de prevenção e combate ao coronavírus, bem como disponibilização de álcool gel e a exigência do uso de máscara, além do limite de 50% da capacidade máxima e o distanciamento social.

O Decreto proíbe, por tempo indeterminado, a emissão sonora acima de 80 decibéis, inclusive em som automotivo na modalidade “paredão”, seja em locais públicos ou privados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *