Policial militar é executado a tiros no distrito de Caldas do Jorro, em Tucano

Foi encontrado morto, em sua própria residência, no distrito de Caldas do Jorro, município de Tucano, Bahia, o corpo do policial militar Pedro Xisto Oliveira de Souza, de 55 anos. As informações são do comunicador Gil Santos Notícias publicadas em seu blog pessoal, indicando que o PM foi executado por disparos de na noite deste último sábado (8).

Segundo o comunicador, a residência do PM não apresentava sinais de arrombamento e a arma do militar não foi encontrada.

Na mesma reportagem, o comunicador diz ter obtido uma informação indicando que a filha da vítima, uma menor de idade, seria a mentora do assassinato do próprio pai, inclusive, contratando um matador de aluguel em Feira de Santana, onde o PM também tem residência, para executa-lo por R$ 600, 00. Ainda segundo a fonte, a menor para tentar se livrar da responsabilidade, alegou que o genitor estava sendo ameaçado por criminosos de Feira de Santana. A polícia teria apurado também que o casal teria participado da contratação do executor e ainda facilitado o acesso à arma do militar para que o criminoso o executasse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *