Confirmado novo caso de coronavírus e lockdown em Euclides da Cunha

Pouco mais de trinta após a confirmação do primeiro caso de coronavírus (Covid-19) o Município de Euclides da Cunha chegou ao segundo caso confirmado nesta quarta-feira, 13. O anúncio desse novo paciente foi feito pelo próprio prefeito Luciano Pinheiro em uma ‘live’ veiculada em sua rede social na Internet, na qual o secretário municipal de saúde, Anderson França.

O secretário de saúde fez um alerta por, ainda, não sabe a origem da contaminação, e que isso justifica as medidas “duras” para ter uma noção exata do que está acontecendo.

Na oportunidade o prefeito fez um apelo à sociedade sobre o constante uso da máscara, higienização com álcool gel e a limpeza das mãos com água corrente e sabão como formas de evitar o contágio da infecção.

‘LOCKDOWN’ DE 48 HORAS EM EUCLIDES DA CUNHA

Considerada uma ‘medida dura’ pelo secretário Andreson França, o comércio de Euclides da Cunha não funcionará durante os dias 14 e 15, com exceção de postos de combustíveis e farmácias, que não podem realizar serviços de correspondente bancário.

Segundo o titular da pasta da Saúde, o fechamento imediato do comércio euclidense já estava prevista em decreto anterior, “caso se confirmasse novos casos de coronavírus”.

Além disso, o uso de máscara é obrigatório para todos, mesmo para quem transita em veículos.

*Lockdown é o termo em inglês para se referir ao confinamento populacional frente à pandemia do coronavírus.

FECHAMENTO DO COMÉRCIO SURPREENDEU COMERCIANTES

A crítica de muitos comerciantes, visível em redes sociais, refere-se à forma em que a medida foi tomada: repentina, comunicado apenas via Internet, às vésperas do fechamento, sem comunicação à classe.

Quando ao fechamento já era algo passível de acontecer, como estava expresso em decreto anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *