Muitos amigos nos sepultamentos de Renato Campos e Anselmo bigode

Fotos: José Dilson Pinheiro - euclidesdacunha.com
A manhã de domingo, em Euclides da Cunha, foi marcada por sepultamentos de pessoas queridas da população, que passaram para o plano superior, deixando grande lacuna no seio familiar e entre muitos amigos que conquistaram ao longo da vida. Anselmo Luís Matos de Andrade (Anselmo bigode), um mecânico autônomo, atleta fitnnes há mais de 30 anos, que faleceu de maneira abrupta, provavelmente por infarto violento do coração, e Renato Abreu de Campos (Dr Renato Campos), ex-prefeito de Euclides da Cunha, por dois mandatos alternados, que já vinha convalescendo de patologia em um dos órgãos do aparelho intestinal.
 
Muitos amigos de Anselmo, familiares e vizinhos do bairro da Caixa D’Água, onde nasceu e residia, e conquistou a simpatia e amizade de todos, foram levar solidariedade aos familiares e acompanharam o cortejo fúnebre até o Cemitério Municipal de São José, onde foi sepultado, sob aplausos.
 
Enquanto uns velavam o corpo de Anselmo, outros visitavam a Câmara Municipal de Vereadores, onde se encontrava o corpo do ex-prefeito Renato Campos, que recebia as últimas homenagens de amigos e da classe política, inclusive de Quijingue (Manoel Cavalcante e Almir Terra Branca), Canudos (Zito Gama) e Monte Santo (Vando, atual prefeito), além de outras autoridades constituídas, civis, militares e religiosas, lideranças políticas.
 
A urna funerária deixou o prédio da Câmara Municipal de Vereadores, por volta das 11h10, o cortejo seguiu pela Av. Ruy Barbosa, Praça da Bandeira até o Cemitério Municipal de São José, onde recebeu as últimas homenagens e sob aplausos foi sepultado no mausoléu da família, por volta das 11h30. 
 
José Alberto Macedo Campos, (Betão Campos), advogado e sobrinho, por parte de pai, e vice-prefeito de Euclides da Cunha, se fez presente, desde Salvador até o momento do sepultamento. 
 
*As primeiras fotos que ilustram esta reportagem são do cortejo funerário de Anselmo bigode, seguidas do cortejo funerário de Renato Campos.

 

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2873