Polícia Civil prende dupla que furtou gerador de energia elétrica

Fotos: Polícia Civil
 
Trabalho muito bom da dupla Raphael Rangel e Moura, do Serviço de Investigação da 25ª Coorpin/Euclides da Cunha, resultou na prisão da dupla de arrombadores que furtaram um gerador compacto de energia elétrica de um estabelecimento comercial situado à Rua Santa Cruz, fato ocorrido na madrugada do último dia 17, às 02h, de acordo com o registro gravado pelas câmeras de segurança do estabelecimento, essenciais para a identificação e investigação que chegaram até José Valdo Dantas da Silva e Janailson Diniz da Rocha, que passaram a ser monitorados e presos depois de um trabalho muito bom dos investigadores, que, para prender a dupla, tiveram que caminhar por dentro de um matagal à margem da Rodovia BA 220, trecho que liga Euclides da Cunha a Monte Santo, proximidade da Fazenda Fortaleza, onde o equipamento ficou escondido, até que os marginais encontrassem um possível comprador (receptador) para vender por um preço muito abaixo do valor real da mercadoria, como sempre acontece em casos de receptação de objetos roubados ou furtados, porém, a pronta ação dos agentes policiais civis impediu que o objetivo da dupla criminosa se concretizasse.
 
O equipamento recuperado vai ser entregue ao verdadeiro proprietário e os elementos, que usavam um veículo Gol, cor preta, placa EEX 8713, licença de São Paulo e uma motocicleta CG 150, cor azul, placa NVJ 9788, licença de Itabaiana-SE, ambos em situação regular junto ao Denatran e sem restrição de roubo/furto, de acordo com o Sinesp Cidadão, foram presos e conduzidos para o Complexo Policial Civil, onde foram apresentados ao delegado regional Paulo Jason de Melo Falcão, da 25ª Coorpin, que adotou medidas cabíveis.


A pronta intervenção da polícia e a solução exitosa para o caso, deve-se, à pronta atitude da vítima, que registrou o caso na 1ª Delegacia Territorial de Polícia Judiciária, munida de informações que ajudaram no trabalho de identificação e localização dos elementos e do produto furtado. Esta, é uma das razões que vítimas de roubo, furto, etc., devem procurar a polícia imediatamente, e não ficar postando em grupos de WhatsApp, como se redes sociais tivessem o poder de solucionar o problema, sem que um boletim de ocorrência (BO) fosse registrado.

Registrar o crime na DT, comunicar imediatamente à Polícia Militar, é de suma importância e ajuda bastante na elucidação do fato e no combate à criminalidade desenfreada que tomou conta do Brasil. Os ladrões vão responder por crime de Furto Qualificado. 

 
*Com informações da Polícia Civil/25ª Coorpin.

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2815