Luan Santana: A pressa é inimiga da felicidade

Imagem: Reprodução
Olá, querido (a) leitor (a), bom ter você aqui novamente.
Hoje, eu quero abordar um pouco da minha semana e trazer a vocês um sentimento que talvez te seja parecido.
 
Eu falo da pressa. O sentimento de pressa é extremamente perigoso para o nosso amadurecimento emocional porque acabamos tratando a felicidade como um compromisso que deve ser logo cumprido, como se não tivéssemos um tempo pessoal e único para cada etapa da vida.
 
Mas digo a vocês, somos realmente obrigados a sermos felizes?
 
Quem acompanha meu trabalho sabe que eu amo criar um pouco de caos, e é essa a intenção com essa pergunta. Uma vez que nos sentimos obrigados a sermos felizes, como isso não se tornaria um fardo? 
 
A pressão para conquistar, a culpa por não ter ainda e já ser tão velho, o medo do fracasso, são tantas responsabilidades e metas irreais que podem tornar nossa vida pesada que, para sermos felizes, temos que parar de tratar nossa vida como um amontoado de obrigações e curti-la como uma oportunidade, pois é justamente o que ela é.
 
Quando depositamos nossa felicidade em qualquer objeto ou pessoa fora da gente, vamos vivenciar duas coisas: termos pressa para alcança-lo e se frustrar quando descobrirmos que isso não preenche o nosso vazio.
 
Se esperarmos pela conquista seguinte para sermos felizes, digo a vocês que seremos sempre obrigados a dar algum resultado e a felicidade se torna um objeto que parece que corre da gente. Mas se por um momento reconhecermos a vida como um grande conjunto de oportunidades e a tornarmos num grande privilégio, não haveria mais pressa, apenas uma leve e gostosa sensação de que com atitude certa podemos crescer até com os nossos piores erros.
 
Quem anda com pressa para ser feliz contraditoriamente não tempo para ser feliz. Estranho? Claro que não. Significa apenas que estamos confundindo ser feliz com o que temos ao invés de com o que somos.
 
Se o que você tem dentro de si não é suficiente para te fazer bem, não espere que algo fora de você te traga o sentimento de auto realização que tanto deseja.
 
Seja feliz pelo que você é. E isso deve lhe bastar.

*Psicólogo Luan Santana. CRP: 03/11290 - Cel.: (75) 9 9895-4918

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2447