Polícia cumpre mandados e três estão presos

FOTO: Polícia Civil
Desde o último dia 03 de fevereiro, agentes policiais civis da 25ª Coordenadoria de Polícia do Interior, em Euclides da Cunha, cumprem mandados judiciais de prisão contra pessoas que cometeram roubo qualificado, tentativa de homicídio e descumprimento à Lei 11.340, popularmente conhecida como Maria da Penha.
 
A ação dos agentes policiais civis contou com a participação da Guarda Civil Municipal de Euclides da Cunha e foram executadas respectivamente no Povoado de Murity, Usina e distrito de Ruylândia, todos do meio rural de Euclides da Cunha.
A primeira ação aconteceu depois que o Serviço de Investigação da 25ª Coorpin descobriu que o elemento de nome Lionildo da Silva Santos (à esquerda da foto), acusado de prática de roubo qualificado, popularmente conhecido como “assalto”, que se encontrava com mandado de prisão preventiva decretado em seu desfavor pela Justiça da Comarca de Euclides da Cunha, foi localizado e preso, depois de ter fugido para São Paulo.
 
Os agentes investigadores descobriram que Lionildo, há cerca de três meses havia retornado de São Paulo e pretendia ficar homiziado até os festejos de Nossa Senhora das Candeias, festa de tradição religiosa e profana, popularmente conhecida como “Festa dos Velhos”, que costuma reunir milhares de pessoas no povoado, vindas de várias localidades da região, inclusive São Paulo. 
 
Sem chance de evadir-se do local onde se encontrava, foi preso e conduzido para o Complexo Policial Civil, onde foi apresentado à autoridade de plantão, que determinou o seu recolhimento ao xadrez da carceragem do CPC, e permanecerá custodiado à disposição da Justiça da Comarca de Euclides da Cunha, onde responde por crime com base no artigo 157 § 2º I e II (violência cometida com emprego de arma; concurso de 2 ou mais pessoas). Participaram desta ação: agentes investigadores: Raphael Rangel, Moura, GCMs: Paulo, Pimentel e Lucas.
 
PRISÃO DE “MOSQUITO”: Na sequência de cumprimento de mandados judiciais, as equipes foram deslocadas para a região do distrito de Ruylândia, onde na localidade de Usina, localizaram e prenderam a pessoa de José Raimundo Souza, popularmente conhecido como “Mosquito” (ao centro da foto), que responde judicialmente por tentativa de homicídio.
 
O mandado judicial em desfavor do acusado foi cumprido pelos agentes investigadores Raphael Rangel e Moura, além de os GCMs Janilson, Paulo e Ivonaldo. Mosquito foi conduzido para o CPC e apresentado à autoridade de plantão na 1ª Delegacia Territorial de Polícia Judiciária, que ordenou a sua condução para o xadrez de custódia onde permanecerá à disposição do Juízo da Vara Criminal da Comarca de Euclides da Cunha, aguardando julgamento.
 
Por último, no distrito de Ruylândia, os agentes Raphael Rangel e Moura cumpriram mais um mandado de prisão expedido pelo Juízo da Comarca de Euclides da Cunha, em desfavor de Francisco Soares Santana, popularmente conhecido como “Chiquinho da Rosa” (à direita da foto), com base na Lei 11.340/2006, popularmente conhecida como Maria da Penha, “que visa aumentar o rigor das punições sobre crimes domésticos e familiares praticados contra as mulheres”. Chiquinho da Rosa, por determinação da autoridade policial de plantão, após ter sido apresentado, foi recolhido ao xadrez do CPC onde permanecerá custodiado à disposição da Justiça da Comarca de Euclides da Cunha.

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2326