Final de semana com morte, assalto e furtos de celulares

Foto: Reprodução/WhatsApp
Manhã bastante movimentada na 1ª Delegacia Territorial de Polícia Judiciária da 25ª Coorpin, com várias pessoas registrando boletim de ocorrência de furto e roubo de aparelhos de telefone celular - a maioria das práticas criminosas aconteceu durante a festa de Santo Reis ocorrida neste final de semana no bairro Nova América.
 
O caso mais grave aconteceu na madrugada desta segunda-feira (08) e envolveu cerca de 4 pessoas, sendo duas mulheres e dois homens, que culminou em desentendimento entre o grupo, resultando na tentativa de homicídio seguido de morte.

Informações preliminares obtidas pelo Site euclidesdacunha.com indicam que a vítima, um jovem ainda não identificado, teria vindo de Salvador juntamente com comparsas, a convite de uma mulher que reside em Euclides da Cunha, para praticar furtos na festa do bairro Nova América.

O grupo formado por duas mulheres e dois homens teria agido durante a festa e, ao final, quando faziam a partilha dos produtos furtados e/ou roubados, se desentenderam e um dos elementos efetuou um disparo de arma de fogo contra a cabeça do parceiro, que foi socorrido para o Hospital Municipal ACM/Português, onde recebeu os primeiros socorros, mas, diante da gravidade do ferimento, foi transferido para outra unidade de saúde, onde passaria por cirurgia especial; porém, durante o trajeto, não resistiu e veio a óbito, sendo trazido de volta para Euclides da Cunha e, posteriormente recolhido para o IML, para necropsia.

Até às 9h, o corpo ainda não havia sido identificado.

As mulheres que faziam parte do quarteto foram detidas e conduzidas para a 1ª DT, para serem interrogadas.

O autor do disparo evadiu-se do local para destino ignorado. *Complementar: Por volta de 11h recebemos a informação que o suspeito, identificado como Nei Marlus Dantas Paiva, autor do crime se encontra recolhido ao xadrez da 1ª DT e com ele foi apreendido um veículo Honda Civic, uma pistola calibre 380mm com apenas dois projéteis intactos, dando a entender que houve mais deflagração de cartuchos contra a vítima e comparsa, de nome Deivid de Santana Bonfim, conhecido pelo vulgo "Devinho", que portava um pino de cocaína. 
 
Nove aparelhos de telefone celular, óculos, relógios, etc., foram recuperados pela polícia.

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2288